blog_post_improve_13
Improve Business

Improve Business

Já Ouviu Falar em Design Sprint? Veja Como o Processo Pode Colocar Sua Ideia em Prática

A ferramenta permite que você crie um protótipo e teste-o em muito pouco tempo. Além da economia de tempo e dinheiro, você garante um produto mais assertivo para o seu cliente.

O termo design sprint é algo que já vem sendo falado nos últimos anos, mas muita gente ainda não tem familiaridade com o que isso de fato representa. De um modo geral, podemos dizer que o sprint é um braço, enquanto o Design Thinking é a cabeça. A analogia é bem simplista, mas ilustra bem o princípio: o DT é uma abordagem usada para desenvolver um projeto ou encontrar soluções de problemas. Sendo assim, o Design Sprint é uma das ferramentas que torna esse processo mais ágil.

Para ficar mais claro, é uma metodologia de trabalho árduo e muito focado durante um curto período de tempo para trabalhar um projeto. As etapas são divididas em cinco: entender, desenhar, definir, prototipar e testar. O processo dura poucos dias e pode ser aplicado em diversos tipos de empresas, sendo que é altamente recomendado para startups – tendo em vista a agilidade do processo de desenvolvimento da solução e a economia de recursos. 

Para que gere bons resultados, o ideal é que nesses dias de trabalho as agendas de todos os envolvidos fique bloqueada, para que eles possam se dedicar integralmente ao processo (o processo leva, em média, uma semana). Vamos entender um pouco melhor como acontece cada etapa citada acima. 

Entendimento da ideia 

Esse é o dia de fazer um verdadeiro brainstorm com pessoas de diversas áreas dentro da empresa. O objetivo aqui é aproveitar o que há de mais rico na expertise de cada um para encarar a ideia de vários ângulos e moldá-la da melhor forma possível. 

Desenho

Neste momento, cada um coloca no papel como enxerga a ideia. O ponto é justamente entender o olhar individual de cada um. Depois disso, os sketches são reunidos e todo mundo discute como a ideia poderia funcionar. 

Definição

Neste ponto, vocês terão um leque de ideias disponíveis. O foco aqui será filtrar com qual delas seguir e aproveitar o momento para aprimorá-la. Pode parecer simples, mas esse é um dos momentos que mais vai demandar o foco de todos. 

Protótipo

Este será o momento de escolher as ferramentas para fazer um modelo teste do produto que vocês idealizaram. Isso vai demandar um cronograma bem organizado e muito comprometimento de todos com as tarefas que forem estabelecidas. Prototipado o modelo, revise-o e crie um guia de perguntas para fazer às pessoas que vão testar o protótipo. 

Teste

Hora de colocar o seu protótipo em ação! Neste momento você vai apresentar o modelo para os usuários, sempre com o foco de entender qual é a experiência que ele está tendo com o seu produto. Esteja aberto a receber feedbacks, entenda o que não funciona, o que pode melhorar. Afinal, este é o momento de testar a real aplicabilidade daquilo que foi desenhado em equipe. 

Como colocar o sprint em prática?

O processo é bem transparente e objetivo, conforme explicamos. Para que seja bem executado, é preciso contar com profissionais com experiência, que já passaram por vários sprints e que possuem know-how no desenvolvimento de soluções para diferentes problemas – e é aqui que entra a Improve Business.  Tem interesse em desenvolver melhor uma ideia ou encontrar a solução para um problema? Entre em contato conosco e entenda como o sprint pode ajudar a sua empresa. 

COMPARTILHE ESTE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Que tal nos contar sobre o
que você está querendo saber?

Que tal nos contar sobre o que você está querendo saber?

We Work Paulista
Av. Paulista, 1374
Bela Vista, São Paulo - SP
01310-100
Email: contato@improve.business
Artboard 2@150x

Insira os dados abaixo para efetivar o download.